05 abril, 2014

Nosso Mundo


Não sei ser a metade perfeita
Nem sei a palavra mais bela

Não sei a memória do seu melhor sorriso
Nem a que fez seus olhos lavar

Não lembro da sua boca
Mas acredito no que me falar
Não lembro do seu andar
Mas é nele que vou me apoiar

Na escuridão
Achei tantos focos de luzes
E o que eu menos acreditava que me acendeu

Metade de mim só amanhã
Já não sei mais o que pensar
Mas vou aprender, vou aprender...

  

Amanda Lopes



♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥

♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥   ♥

3 comentários:

Sinval Santos da Silveira disse...

Boa tarde!
Quero dizer do quanto gostei de seu poema. Estive passeando pelo seu blog e amei tudo por aqui.
Abraços
Sinval

Jéssica do Vale disse...

Olá, Amanda!
Sou autora de todos os textos
do Antena Desarrumada.
Bom que tenha gostado!

marcelia disse...

Nossa que linda poema bem declarado para seu amado flor rsrs eu também sou assim para meu amor me declaro onde eu for. gostei do post
olha tem post de um aparelho que dá CHOQUE no rosto e tem vídeo "SEU BLOG NO MEU VÍDEO" onde divulguei 11 blogueiras e pretendo fazer novamente mais para frente e tem SORTEIO de tablet e make francês depois vou fazer de FILMADORA, magrafelizpensa.blogspot.com e www.youtube.com/user/marcmarify