24 julho, 2010

Nada mais se encaixa! =/

Acho que cresci demais pra ver brincadeiras como brincadeiras...


Só que as vezes acho que isso não é bom!

20 julho, 2010

Gritos Silenciosos

Choro por palavras não ditas
Sofro por não poder dize-las
Minh'alma grita desesperada
Constrangida, inconformada

Rezo por acalento
Sinto dor e amor
Imploro
O vácuo me ignora

Meu ser faleceu de medo
Com a espada empunhada
Gritando,chorando e sofrendo: CALADA!

( Amanda Lopes )

15 julho, 2010

HOMEM


Lhe contarei a agonia 
Que passo nesse dia
Um coração choroso e triste
Não posso fingir que não existe

Acreditar não consigo
Mas ainda assim 
Jura-me amor
E felicidade sem fim 

Meu nobre Cavalheiro
Em eternidade e calor
Bordou nosso amor

E tu homem, não sofra
Não quero lhe ver assim 
Conforme-se e acalme-se, não morrerás por mim!

( Amanda Lopes )

05 julho, 2010


Minha alma está morta
Petrificada em solidão
Juraste-me que ficaria
Esperei sempre em vão

Morta continuará
Não há mais salvação
De amor ela morreu
Junto com meu coração

Morte veio me libertar
Desse grande mal
Que é amar

Não deve renascer
Seu destino está selado
Será sempre sofrer.


( Amanda Lopes )

01 julho, 2010

Teus Olhos


Assim é minha lembrança
Tão seguros de si
Tão corajosos
Sem medo da vida

Aqueles olhos grandes
Hoje, tão reprimidos
Só me passam de relance
Há medo neles, se vê de longe

Aqueles olhos grandes
Eram tão vivos
Será que aquela criança perdeu o brilho deles?
Ou será outra criança?

( Amanda Lopes )