30 abril, 2010

Teu silêncio



Ah! Teu silêncio
Corta-me o coração
Deixa um nó em minha garganta

Seus olhos perdidos
Enquanto minha alma se estilhaça

Pensamentos que latejam
Por momentos não vividos 

Seus gestos...
Cada detalhe passa em mim agora
Como um filme reprizado!

Aquele chão
Pisamos juntos
Podia jurar que ouvi seu coração chorar

Algo se quebrou
Eu sei...


(Amanda Lopes)

Um comentário:

Anônimo disse...

Ninguém merece teu sufoco