24 abril, 2010

23/04/2010

  Aquele beijo que não me deu
Ficou na lembrança que inventei
Seus lábios tocando os meus
Nem dormi, mas sonhei

Por vezes desejei sumir,
Mas ainda estava ali
Esperando o que não devia
A cada palavra que dizia
Encontrava alguma alegria

Saia detrás dessas palavras
Mostre-me seu coração
Pensei, calei-me
Nuvens cúmplices e testemunhas
Choraram!

( Amanda Lopes )

Um comentário:

disse...

adorei todos os seus posts ...és mui boa, escrevi muito bem rsrs...tenho um blog tbm...dá uma passada lá bjos